Menu

Princípio da sobrecarga

Esse princípio consiste na exposição do organismo a cargas normalmente acima daquelas vivenciadas no dia a dia, que são, progressiva e continuamente, aplicadas no ápice do período de supercompensação, com o objetivo de manter o estímulo forte. O estabelecimento de novas alterações estruturais é iniciado toda vez que nosso organismo é afastado de seu equilíbrio. A sobrecarga é justamente a magnitude deste desvio, determinada por aspectos qualitativos e quantitativos. Assim, o conceito de sobrecarga não é relativo aos fatores externos que atuam no sistema, mas sim a forma como o organismo responde a tais fatores.

Dentro do treinamento de força voltado para hipertrofia, o foco do princípio da sobrecarga tem sido desviado dos aspectos qualitativos para os aspectos quantitativos, sendo comum, por exemplo, aplicar o princípio do “quanto mais, melhor”, voltando a atenção para a quantidade de estímulos (séries, repetições e, principalmente, cargas utilizadas), ao invés das alterações promovidas pelos estímulos – o que acaba por transformar o princípio da sobrecarga, no princípio da carga. Entretanto, a sobrecarga que um treino proporcionará ao sistema não poderá ser entendida unicamente contabilizando o peso utilizado ou a quantidade de séries e repetições realizadas, mas principalmente através da qualificação das alterações fisiológicas proporcionadas, o que pode ser feita pela análise de fatores como: amplitude de movimento, forma de execução, tipos de contração, método de treinamento, intervalo de descanso…

Dessa forma, a aplicação da sobrecarga progressiva pode ser realizada com o aumento do volume e ou intensidade. Quando manipulamos essas duas variáveis, também conseguimos proporcionar novos estímulo ao nosso organismo. Portanto, devemos levar em consideração várias variáveis no que diz respeito a sobrecarga e não, exclusivamente, a carga.

Bom treino a todos(as)!

Referência

ANDRADE, M.S; DE LIRA, C.A.B. Fisiologia do Exercício. 1ª ed. Manole. São Paulo. 2016

Gentil P. Bases científicas do treinamento de hipertrofia. 5a edição. (Create Space (ed.).). Charleston; 2014.

João Pedro: Graduado em Educação Física / Mestrando em Ciências da Saúde (@navesjp)
Ricardo Viana: Graduado em Educação Física / Doutorando em Ciências da Saúde (@prof.ricardoviana)

João Pedro: Graduado em Educação Física / Mestrando em Ciências da Saúde (@navesjp) Ricardo Viana: Graduado em Educação Física / Doutorando em Ciências da Saúde (@prof.ricardoviana)

No comments

Deixe uma resposta

UserOnline

SAIBA MAIS