Menu

O treinamento de força na menopausa

Menopausa é o período fisiológico após a última menstruação espontânea da mulher. Durante este tempo, estão sendo encerrados os ciclos menstruais e ovulatórios.

Os principais sintomas da menopausa são:

  • Ausência da menstruação;
  • Ressecamento vaginal (secura);
  • Ondas de calor;
  • Suores noturnos;
  • Insônia;
  • Diminuição no desejo sexual;
  • Diminuição da atenção e memória;
  • Perda de massa óssea (osteoporose);
  • Aumento do risco cardiovascular;
  • Alterações na distribuição da gordura corporal;
  • Depressão.

Na menopausa a mulher fica mais vulnerável a essa perda de massa magra e massa óssea, o que pode acarretar em doenças de desmineralização óssea, como osteoporose, artrose, artrite, entre outros. Também ocorrem mudanças no padrão de distribuição de gordura feminina. As mulheres têm uma distribuição de gordura mais externa (exógena) no quadril, nas coxas, nos seios. Quem controla esse padrão de gordura são os hormônios femininos. Sua distribuição externa é benéfica para a prevenção das doenças relacionadas à obesidade.

Na menopausa, há a diminuição e a irregularidade desses hormônios os padrões de distribuição de gordura começam a se tornar mais internos, e a mulher passa a acumular gordura na região visceral (abdômen). Aumentando então o risco de doenças.

Com o treinamento de força, e possível adquirir benefícios em meio a este processo devido ser uma atividade que estimula a síntese proteica e, conseqüentemente, estimula a mineralização óssea, promovendo a absorção de cálcio pelos ossos e reduzindo assim o risco das doenças. O treinamento de força também oferece um alto gasto calórico e promove o ganho de massa muscular. Com o aumento de massa muscular, ocorre, um aumento no gasto energético, mesmo em repouso.
Então, começa já!

Procure orientação de um profissional de educação física devidamente habilitado, que vai lhe fornecer as informações necessárias para melhorar sua qualidade de vida.

No comments

Deixe uma resposta

UserOnline

SAIBA MAIS