Menu

O que emagrece mais: correr ou pedalar?

E aí, deve-se correr ou pedalar para emagrecer mais?

Uma revisão sistemática que analisou os efeitos de redução de gordura total, gordura abdominal e gordura visceral a partir de estudos que avaliaram treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT, do inglês – High Intensity Interval Training) em duas diferentes situações: corrida e ciclismo.

 

Se tratando de uma revisão da literatura, no final foram selecionados 39 estudos, somando um total de 617 sujeitos avaliados. Os resultados deste estudo mostraram que:

  • A corrida se mostrou mais eficaz no consumo de gordura total e gordura visceral quando comparada ao ciclismo.

Qual seria a justificativa desse resultado?

Durante a corrida têm-se o somatório de fases concêntricas e excêntricas de contração muscular maior do que no ciclismo.

  • Em relação ao EPOC (consumo de oxigênio pós exercício), mostrou-se 37% maior na corrida do que no ciclismo
  • Em relação a gordura abdominal o ciclismo se mostrou mais eficaz. No entanto, os autores não souberam encontrar uma justificativa para isso.

 

Portanto, agora que você sabe que as duas possibilidades promovem resultados significativos em relação ao emagrecimento, veja qual é a melhor estratégia: corrida ou ciclismo, e coloque em prática.

 

Bons treinos e prescrição a todos!

 

Referência:

Maillard et al. Effect of High-Intensity Interval Training on Total, Abdominal and Visceral Fat Mass: A Meta-Analysis. Sports Medicine, 2018.

João Pedro: Graduado em Educação Física / Mestrando em Ciências da Saúde (@navesjp)
Ricardo Viana: Graduado em Educação Física / Doutorando em Ciências da Saúde (@prof.ricardoviana)

João Pedro: Graduado em Educação Física / Mestrando em Ciências da Saúde (@navesjp) Ricardo Viana: Graduado em Educação Física / Doutorando em Ciências da Saúde (@prof.ricardoviana)

No comments

Deixe uma resposta

UserOnline

SAIBA MAIS