Menu

Dormir pouco pode te engordar?

Treino+ alimentação balanceada + descanso adequado. Quem nunca ouviu falar sobre a importância desse “tripé” para se conseguir bons resultados na saúde e até estéticos? É durante o sono que fazemos o reparo e crescimento muscular, e o que é imprescindível para o processo de hipertrofia.

Além de influenciar no ganho de massa muscular, o descanso adequado parece ser fundamental para evitar acúmulo de gordura. De fato a privação do sono já é relacionada à alterações metabólicas que aumentam o risco de doenças crônicas como resistência à insulina, inflamação crônica, diabetes e alterações cardiovasculares (Gallicchio & Kalesan, 2009).

Um estudo constatou que pessoas que dormem 6 horas ou menos por noite apresentam maior peso corporal e consomem mais calorias por dia do que quem dorme mais de 6 horas, sendo que quanto menor a quantidade de horas dormidas maior é o consumo energético total do dia e o índice de massa corporal do indivíduo. Os possíveis mecanismos que levam ao maior consumo de energia e ganho de peso podem ser explicados pela maior oportunidade de comer durante o dia e noite, estresse emocional, aumento da susceptibilidade a recompensa alimentar e principalmente pela alteração nos hormônios ligados ao apetite como a leptina e grelina. A privação alimentar também pode causar um estado pró-inflamatório e levar à anormalidades no metabolismo da glicose (Patterson et al. 2014).

Em resumo, dormir pouco pode dificultar o ganho de massa muscular, acumular gordura e ainda aumenta o risco de diversas patologias crônicas como hipertensão, diabetes e problemas cardiovasculares.

Então, cuide da sua saúde e do seu sono!

Não fique sem treinar!

 

Bons treinos e prescrições a todos!

João Pedro: Graduado em Educação Física / Mestrando em Ciências da Saúde (@navesjp)
Ricardo Viana: Graduado em Educação Física / Doutorando em Ciências da Saúde (@prof.ricardoviana)

João Pedro: Graduado em Educação Física / Mestrando em Ciências da Saúde (@navesjp) Ricardo Viana: Graduado em Educação Física / Doutorando em Ciências da Saúde (@prof.ricardoviana)

No comments

Deixe uma resposta

UserOnline

SAIBA MAIS